Revista PUB - Diálogos Interdisciplinares

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W

RETROCESSO POLÍTICO A PASSOS LARGOS


-Rosana Maciel Bittencourt Passos-



Os eleitores de Bolsonaro queriam um governo de direita - Estado mínimo na política, liberalismo na economia e conservadorismo nos costumes. Ok, um desejo legítimo e atendido.


Mas era isso aí mesmo que queriam? Estão satisfeitos com esse governo? Fico muito curiosa em saber como responderiam a essa pergunta.


Alguns já expressam abertamente o arrependimento. Outros escondem a própria vergonha sob um silêncio sepulcral. E há ainda aqueles que se debatem como peixe fisgado pelo anzol, tentando defendê-lo das críticas. Alguns chegam até a sugerir que são as críticas que o estão impedindo de governar (!)


Ninguém pode se dizer surpreso com a dimensão do despreparo exposto. Foi todo mundo devidamente alertado durante o período eleitoral.

Mas, ainda assim, e mesmo a despeito de haver inúmeros outros candidatos de direita na corrida eleitoral, este pessoal gostou mesmo foi das “caneladas” do Messias, de como ele era capaz de dizer, com seu discurso violento e ofensivo, tudo que um mínimo de educação e civilidade impediria seus eleitores de externar.


Alguém ainda tem alguma esperança para me emprestar? Porque a incompetência do Messias é evidente, assim como seu desinteresse por governar. Do que ele gosta mesmo é de “ideologizar” e de lamber botas de americano. Seu “ministério de notáveis” se notabiliza pelo despreparo-beirando a insanidade. Os critérios para escolha de cargos e de políticas públicas nunca foram tão ideológicos quanto agora. Tanto se falou em “desaparelhar”, quando o verbo correto seria “reaparelhar”.


Aos que me diziam “vamos para a frente”, eu agora respondo: estamos indo para trás, e a passos largos.

Rosana Maciel Bittencourt Passos é advogada (BA), sócia do IBAP


54 visualizações1 comentário