Revista PUB - Diálogos Interdisciplinares

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W

Pub divulga a relação dos vencedores do Concurso Mary Shelley de Contos

A Comissão Avaliadora convidada pela Revista PUB – Diálogos Interdisciplinares selecionou os contos inscritos no 1º Concurso Mary Shelley que comporão a obra coletiva "Brasil 2029" a ser publicada pelo IBAP ainda neste ano de 2019.


Os contos especularam sobre a possível realidade brasileira no ano de 2029, a partir das expectativas oferecidas pela realidade política, social e ambiental contemporânea no Brasil.


O certame foi presidido pelo advogado e escritor Guilherme Purvin, diretor do Instituto Brasileiro de Advocacia Pública e editor da Revista PUB - Diálogos Interdisciplinares.


A Comissão Avaliadora contou com a participação de romancistas, cronistas, poetas e professores de Literatura e de Linguística que não mediram esforços para que o concurso fosse um sucesso: Celso Augusto Coccaro Filho (cronista e Diretor do IBAP); Daniel Ferraz (Prof. Letras-USP); Elizabeth Harkot de la Taille (Prof. Letras-USP); Franklin Valverde (poeta, jornalista e professor universitário); Frederico Marés Tizzot (Editora Arte & Letra); Jorge de Almeida (Prof. Letras-USP); Manuel Herzog (poeta e romancista); Roberto Araújo (Editora Europa); Sandra Guardini Teixeira Vasconcelos (Prof. Letras-USP) e Vitor Nuzzi (jornalista e escritor).


Os trabalhos para seleção final dos vencedores foram bastante exaustivos e exigiram longos debates entre os avaliadores. Ao longo de três meses, foram efetuadas três rodadas eliminatórias. Infelizmente, nesse processo, alguns contos, mesmo obtendo excelentes notas por parte de alguns avaliadores, não chegaram à seleção final. A apuração final dos classificados foi feita em sessão realizada na tarde de 2 de julho de 2019, sob auditoria de dois diretores do IBAP.


Estes foram os contos vencedores do concurso, em ordem alfabética:


A balada de morte do herói - Juliana Berlim Amorim (Rio de Janeiro/RJ)

A casa escura - Jéssica Louise Werner (São Paulo/SP)

A social rede - Vanilson Rodrigues Fernandes (Belém/PA)

Carta Nebular - Alpha Condeixa Simonetti (São Paulo/SP)

Ceci n'est pas un roman - Diego Alejandro Molina (São Paulo/SP)

Dentes ao vento - Milene de Almeida Silva (São Paulo/SP)

Experiência de Usuário - Brasil 2029mg - Silvio Ratho (São Paulo/SP)

Foda - Nicole Ayres Luz (Rio de Janeiro/RJ)

Fuga de São Paulo - Denis A. Vaz (São Paulo/SP)

Fuja // E estará perdido - Petronio de Tilio Neto (São Paulo/SP)

Já raiou a liberdade - Rui Guimarães Vianna (São Bernardo do Campo/SP)

Jair vai à escola - Bruno Pinheiro Ivan (Araraquara/SP)

Malthus no Brasil de mais além - Heliel Damascena da Silva Sena (Gama/DF)

O futurólogo - Aldefran Melo da Silva (Duque de Caxias/RJ)

O jantar dos homens de bem - Rodrigo Vinholo (São Paulo/SP)

O rio subterrâneo - Pedro Oswaldo Horta (São Paulo/SP)

Os corpos de Cris - Geanglés B. de Moraes (Rio de Janeiro/RJ)

Sob a luz da lua - Georgia Palma Vieira (Águas Mornas/SC)


O lançamento da obra dar-se-á por ocasião dos III Diálogos Interdisciplinares – Direito, Letras e Meio Ambiente, em São Paulo/SP (local e data a confirmar). Nessa oportunidade, os vencedores receberão um exemplar da obra e diploma de participação no certame literário.


Para ano de 2020, os contos deverão versar sobre questões ecológicas, ambientais ou climáticas. O edital será publicado em breve.

387 visualizações2 comentários